terça-feira, 9 de novembro de 2010

Quem é Samael !!!

O bodhisatva (encarnação de um autêntico Mestre) de Samael Aun Weor nasceu no 6 de março de 1917 na cidade de Bogotá, na Colômbia, seu nome profano foi Victor Manuel Gómez Rodríguez. Como acontece em seres especiais, um grande terremoto sacudiu a cidade de Bogotá nos instantes em que nascia. Como quer que tomava corpo físico um verdadeiro Homem que em outras existências fabricara seus corpos solares astral, mental e causal, também obviamente dentro dele se manifestavam trabalhos de conhecimentos de consciência objetiva.

Que em outras existências realizara e desde muito pequeno tinha muito clara a missão que cumpriria para com a humanidade e sabia que teria de repassar as Iniciações para poder coroar-se como um Homem Causal, sua verdadeira imortalidade.

Seu desenvolvimento durante a infância foi um tanto especial, já que desde muito pequeno praticava a meditação, dirigindo sempre seu olhar em direção ao Astro-rei. Repetia incessantemente: “Outra vez me encontro em um novo corpo físico e também sei que vim cumprir uma Grande Missão”.

Em seu livro As Três Montanhas, o Mestre Samael comenta sobre sua infância: “Não está demais asseverar solenemente que eu nasci com enormes inquietudes espirituais. Negá-lo seria um absurdo… Ainda que para muitos pareça algo insólito e incrível, o fato concreto de que haja no mundo alguém que possa recordar de forma íntegra a totalidade de suas existência, incluindo até mesmo o próprio sucesso de seu nascimento, quero asseverar que eu sou um desses.”

Assim transcorrem os anos de sua infância e passa a etapa da adolescência, desenvolvendo sua vida em forma muito natural, porém sempre dentro dele se manifestavam anelos profundos de encontrar-se consigo mesmo. Isso faz com que à idade dos 12 anos o Mestre Samael empreendesse o trabalho minucioso de estudar em dezenas de escolas e obras, tais como a metafísica e o espiritismo. Nessas escolas, ele anelava encontrar o Caminho Secreto, mas ali não o encontrou.

Apesar de sua pouca idade, nunca abandonou a meditação. Isso era um grande bálsamo para sua Alma de grande Buscador da Verdade. Enquanto isso, seguia procurando seu Caminho filosófico, praticando os conhecimentos de Raja Yoga e Karma Yoga. Decepcionado por ainda não encontrar a verdade, ingressou na escola da Rosa-cruz Antiqua, bebendo a sabedoria dos grandes mestres, tais como Gurdjieff, Ouspensky, Krumm-Heller, Max Heindel, Eliphas Levi, Steiner, Jorge Adoum, Blavatsky e outros mais, e é dentro dessa benemérita instituição que Samael conhece o verdadeiro início de sua descoberta da Luz, pois desenvolve totalmente seus chakras astrais com as práticas ali ensinadas.

Mas, sabia perfeitamente que deveria se aprofundar na sua busca do caminho que o conduziria aos Mistérios Iniciáticos do Super-Homem; e, ao fim, descobre em sua própria vivência íntima, particular, o caminho secreto da meditação profunda.

Com firme e terrível propósito, começa a percorrer o caminho místico transcendental através de grandes sacrifícios e sofrimentos intencionais. Sua meta única foi trabalhar seriamente na aniquilação do ego, na Castidade e no sacrifício pela humanidade. Quando contava com 30 anos, o Mestre Samael realiza seu juramento mais solene: o de despertar a Kundalini, custe o que custar… Assim, auxiliado por sua esposa e companheira de toda a vida, Arnolda Garro de Gómez (Mestra Litelantes), percorre o Caminho da ascensão das 7 serpentes sagradas do Fogo e de suas 7 serpentes divinas da Luz.

Todo esse grande trabalho fundamentado na Magia Sexual, na Alquimia Tântrica a ascensão da Kundalini, de vértebra em vértebra, lentamente e de acordo aos méritos do coração, tendo sempre presente a santidade e o sacrifício…

Passando por essas Iniciações sagradas, o Mestre Samael chega a um ponto de sua vida interior que é verdadeiramente um fato cósmico para todos os Irmãos Gnósticos: No dia 27 de outubro de 1954, realiza-se o advento do Logos Samael dentro da alma do bodhisatva (a manifestação humana de um Mestre) Aun Weor. Isso se dá no Summum Supremum Sanctuarium (SSS) que se localizava na Colômbia. (Ah, sim. Este templo sagrado desapareceu por completo, encontra-se agora na 4ª Dimensão.)

Vários Irmãos do Templo reuniram-se para este grande acontecimento cósmico. Entre os mestres, encontravam-se os mais destacados paladinos gnósticos, tais como os mestres: Litelantes, Kéfren, Jonas, Tarom-Om, Pavoni, Sanfragárata e Sum-Sum-Dum.

VM Litelantes, esposa de Samael Aun Weor

O Mestre Samael entrou no Templo, deitou-se, com os braços abertos, sobre uma pesada cruz de madeira, e permaneceu assim por 3 longos dias. Os vários mestres ali presentes realizaram uma longuíssima cadeia, ficando o Mestre Samael como que morto. Suas funções vitais ficaram em total suspensão.

A Mestra Litelantes, em uma visão mística, descreve como a montanha da Sierra Nevada se ilumina, com a chegada do Quinto Anjo do Apocalipse. Ele, o Cristo Cósmico de Marte, desce dos Mundos Superiores em uma bela carruagem e penetra no corpo do Mestre.

Logo depois, o corpo do Mestre “voltou à vida”, ou seja, ele recobrou seus sentidos físicos, e foi se movendo lentamente. E ele, após abrir os olhos, pergunta: “Onde me encontro? Me sinto duplo”.

A partir desse instante, o advento de nosso Redentor realizaria sua marcha triunfal como o Quinto Arcanjo do Apocalipse, o Avatar de Aquárius. Essa data memorável é celebrada hoje e sempre em todos os Lumisiais gnósticos do mundo todo. Leiamos importante comentário de um dos mais fiéis discípulos do Mestre Samael, o senhor Celestino Lópes Lindo, sobre o advento do Cristo Samael: “O evento mais extraordinário que ocorreria na Sierra foi o advento do Mestre Samael.

Os fenômenos que se apresentaram foram: dias longos e noites curtas, tormentas elétricas, as trevas que rodearam a Sierra Nevada eram quase intransponíveis.

O Mestre Aun Weor, às 19 horas do dia 27 de outubro de 1954, tomou a decisão de entrar rapidamente no Templo de Mistérios Maiores. Foi estranho para os demais que ele não carregasse em suas mãos nenhum artefato que lhe permitisse iluminar o caminho, já que os mesmos colonos, apesar de conhecer o caminho, necessitavam de luz. Encontrando-se dentro do recinto sagrado e depois dos rituais de rigor, Aun Weor caía em estado cataléptico em cima de uma tosca e grande cruz.

Sua cabeça se encontrava apoiada em uma almofada, a qual, depois de passado certo tempo, incendiou-se. Ele nem sequer se queimou porque se encontrava recebendo seu Real Ser. A Sierra Nevada de Santa Marta e os gnósticos que o acompanharam em seu advento nunca esquecerão o divino silêncio que foi sentido naquela noite cósmica de 27 de outubro.

Depois do advento de Samael, pouco mudou, porque o Íntimo que havia recebido no Advento era como uma criança pequenininha e débil, oqual à medida que ia aniquilando o Ego, ia se desenvolvendo para exercitar-se no falar e no dar o ensinamento aos povos.”

Não somente como mestre e Guia da nação gnóstica, mas também como cidadão do mundo e pai de família, Samael soube observar um perfeito equilíbrio entre o material e o espiritual. Era pai e esposo exemplar, jamais se esquecia de suas obrigações tanto esotéricas como sociais. Jamais foi visto esquecer-se de si mesmo, sempre atento a sua forma de expressão, suas vestes, seus gestos, e também sua forma de rir, de caminhar, de atuar etc.

Enfim, sua vida servia de exemplo de compaixão, responsabilidade, companheirismo, sabedoria e amor ilimitados.

Para todos o Mestre mostrava uma Gnosis simples, fundamental, sem poses, sem auto-indulgências nem pantomimas repulsivas. Ou seja, todos tinham a pessoa do Mestre Samael como exemplo de amor, simplicidade e naturalidade. Um Mestre assim cheio de amor mostrou o sendeiro da revolução da consciência.

Os Poderes Jinas de Samael

Os que estavam próximos de Samael, ou seja, parentes, amigos e discípulos, vivenciavam experiências inusitadas e misteriosas, típicas de um verdadeiro mestre nagual. Uma das tantas experiências vividas por um das filhas do Mestre foi ver Samael diminuir seu corpo físico e chegar a ter cerca de 50 centímetros de altura.

Essa mesma filha do mestre também a oportunidade de vê-lo imobilizar um deficiente mental furioso que tentava atacá-lo. De imediato, tomou a estatura de um gigante, suas mãos e pernas eram fortes e duras como o aço. Cada passo que dava, o piso da casa onde estavam tremia. De pronto, o gigante Samael imobilizou o deficiente mental com muita força e poder, sem perder seu amor e ternura para com todos os pobres seres humanos. Para mais informações, queiram os queridos leitores estudar os casos narrados neste mesmo link.

Esta mensagem nos faz refletir sobre a necessidade de voltarmos à nossa autêntica Realidade. O Mestre Samael jamais foi visto sendo ríspido, grosseiro, ou utilizar seu Verbo para amedrontar seus discípulos. Samael era verdadeiramente um Homem impregnado de simplicidade e de amor porque sua mente estava livre, porque ele vivia de momento em momento, de instante em instante, transformando suas impressões da vida em compreensão profunda real, levando-o sempre a uma sabedoria que se manifestava em todo o seu Ser

O Mestre Samael dedicou toda a sua vida a dissolver seu Ego, ou seja, seus defeitos, bloqueios e limitações psicológicas, até atingir a perfeição total, ou, estado integral de Homem Causal.

O Trabalho de Samael

Esse estado de perfeição psicológica e mágica levou Samael Aun Weor a iniciar o maior empreendimento espiritual de todos os tempos conhecidos, que é o de salvar um planeta inteiro, e toda a sua humanidade!

Como isso deveria ser realizado? Como indicar um Caminho que pudesse levar as mulheres e os homens de boa vontade a se livrarem desse estado de coisas degradante em que nosso mundo está metido? Para resolver essa questão cósmica tão complexa, tão grave, a Santa Fraternidade Branca, tendo encarregado o VM Samael de executar essa estratégia, exigiu que a nação gnóstica formasse o Exército de Salvação Mundial.

Esse Exército da Forças Cósmicas está divulgando os princípios gnósticos do Autoconhecimento e da Iluminação Espiritual, perdidos pela quase totalidade dos seres humanos.

Esses princípios gnósticos, didaticamente chamados de “Três Fatores de Revolução da Consciência”, eram antigamente entregues somente para poucos, para aqueles que dedicassem toda a sua vida a esse Caminho Iniciático.

O Mestre Samael, com ordens da Santa Loja Branca, entregou para toda a humanidade, indistintamente, com todo o amor de um verdadeiro Filho da Luz, essas Chaves da Redenção humana, como praticamente uma última oportunidade para se criar “sementes” para uma nova civilização, num futuro não muito distante, para que a Evolução planetária terrestre não fracasse totalmente. Portanto, que os queridos leitores observem a gravidade das afirmações aqui feitas.

Se esse Trabalho é hercúleo, titânico, quase impossível, seu Executor deveria ter a Força, o Poder, a Inteligência, a Abnegação e o Desprendimento suficientes para tal empreitada. Por isso, para conhecer melhor esse personagem que será popularizado neste Terceiro Milênio, estude os textos de nosso site concernentes às suas vidas passadas, a seus ensinamentos de Sabedoria, aos eventos paranormais envolvendo sua pessoa e a de seus discípulos.

Boa leitura e ótimas reflexões conscientes!


http://www.gnosisonline.org

Um comentário:

Alan disse...

Olá, eu gostaria de pedir sua ajuda na divulgação do meu blog:
http://arcanjoalan.blogspot.com

É um blog onde publico diáriamente mensagens dos anjos, orações, e também informações sobre quem são eles, como são, como eles veem agente, etc.

Gostaria que você visita-se e desse uma lida no blog.

Um grande abraço cheio de luz! ;)

[Se eu tiver ja lhe enviado este convite ou você ja está a divulgar meu blog por favor desconsidere]